quarta-feira, 15 de agosto de 2007

15 DE AGOSTO, SOLENIDADE DA ASSUNÇÃO DA SANTÍSSIMA VIRGEM


O Senhor só esteve três dias no sepulcro, logo ressuscitou e subiu aos Céus. A morte da Senhora mais parece como um sono breve. E é por isso que chamamos de "dormitio" dormição. Antes de a corrupção lhe poder tocar o corpo imaculado, Deus a ressuscitou-a e glorificou-a nos Céus. A dormição, ressurreição e assunção da Virgem Santíssima o tríplice objeto da festa de hoje. Não tendo o pecado penetrado nunca na sua alma puríssima, era conveniente que o seu corpo, isento de toda mancha e do qual o Verbo se dignou incarnar, não chegasse a sofrer a corrupção do túmulo.

A 1º de novembro de 1950, o Santo Padre Pio XII definiu o dogma da Assunção da Santíssima Virgem Maria. Proclamava assim solenemente que a crença segundo a qual Maria, ao fim da sua vida terrestre, foi leva em corpo e alma a glória do Céu, faz realmente parte do depósito da fé, recebido dos Apóstolos. "Bendita entre todas as mulheres", em razão de sua maternidade divina, a Virgem Imaculada, que desde a sua conceição tivera o privilégio de ser isenta do pecado original, não devia conhecer a corrupção do túmulo.



Para evitar qualquer dado impreciso, o Papa absteve-se inteiramente de determinar o modo e as circunstâncias de tempo e lugar em que a Assunção deveria ter-se realizado: somente o fato da Assunção, em corpo e alma, à glória ao Céu, constitue objeto da definição.

Na liturgia encontra-se o culto da Assunção desde o século VI no Oriente. Em Jerusalém, comportava uma procissão ao túmulo da Virgem. Esta procissão estendeu-se a Constantinopla. Em Roma, do século VII ao XVI constituía uma das "procissões ladainhas" e tinha lugar na basílica de Santa Maria Maior.




Evangelho do dia:


Continuação do Santo Evangelho de São Lucas. Naquele tempo: Isabel foi cheia do Espírito Santo e exclamou em alta voz: Bandita és tu entre as mulheres e bendito é o fruto de teu ventre. E de onde me vem a dita de que venha até a mim a mãe do meu Senhor? Eis que, logo que me soou aos ouvidos a voz da tua saudação, exultou de alegria o menino no meu seio. Bem-aventurada aquela que acreditaste; porque se cumprirão em ti as coisas que te foram ditas da parte do Senhor. Então Maria disse: A minha alma engrandece o Senhor, e meu espírito se exulta em Deus meu Salvador. Porque olhou para a humildade de sua serva, eis que por isso me proclamarão bem-aventurada todas as gerações. Porque fez em mim grandes coisas o Onipotente, e santo é seu nome. E a sua misericórdia se estende de geração e geração sobre todos os que o temem.



Lefebvre, Dom Gaspar. Missal Quotidiano e Vesperal. Bruges, Bélgica; Abadia de S. André, 1960.

Um comentário:

Nova Evangelização disse...

* * *
Caros Irmãos e Amigos
Fernando Z. Bondini & Jodeilson G. de Oliveira

Viva Jesus e Maria, e que Eles nos cumulem das Suas Bênçãos!

Confome o prometido, acabei de lincar o vosso excelente blogue PRECIOSO DEPÓSITO (no blogue Nova Evangelização Católica), que é mesmo Precioso e Maravilhoso; os meus mais sinceros parabéns!

E não falo por acaso, ou simplesmente por simpatia, pois acabei agora mesmo de verificá-lo melhor, sendo óptimo e 'sui generis' também nas ilustrações, na apresentação, em tudo!
Nota '18 valores', se me permitem!

Aproveitei para copiar, se me permitem, algumas excelentes imagens, que ainda não tinha e que apreciei deveras, pois faço colecção de tudo quanto é cristão e católico, espiritual e belo, talvez também para publicar uma ou outra, oportunamente, no blogue Nova Evangelização, caso não se importem.

Podem fazer o mesmo, se quiserem, em relação ao blogue N.E.C., de que sou o principal responsável, não só quanto a ilustrações mas também quanto a textos.

Aproveito também esta oportunidade para fazer uma sugestão/proposta de colaboração e intercâmbio, no melhor dos sentidos, tanto quanto possível ou necesssário, no supremo e comum interesse da Nova Evangelização, a genuína e cem por cento, consoante o Magistério da Igreja Católica Apostólica Romana.

V/. Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo;
V/. Para sempre seja louvado e Sua Mãe Maria Santíssima!

+ Nossa Senhora da Assunção, rogai por nós!

Queiram aceitar os meus melhores, reconhecidos e respeitosos cumprimentos.
Em Jesus e Maria,
José Mariano
*